top of page
  • Foto do escritorAline Silva | PhishX

A IA como uma aliada nos desafios de Cybersecurity para Pessoas?


A Inteligência Artificial é um assunto que vem ganhando notoriedade nos últimos anos, se antes esse tema tinha pouca importância ou não fazia parte da nossa realidade, hoje o cenário é bem diferente.


Essa tecnologia já faz parte da nossa vida e está presente em diversos aspectos, como em nossos celulares, computadores e assistentes pessoais. Usamos a IA para facilitar o nosso dia a dia.


Afinal, a Inteligência Artificial foi criada justamente com esse propósito, para otimizar processos e agilizar o trabalho das pessoas.


Sendo assim, essa é uma ótima tecnologia quando o assunto é cibersegurança, por se tratar de uma das áreas mais críticas da atualidade, pois envolve a proteção das informações e dos sistemas que sustentam a sociedade.


Com o crescente número de ataques cibernéticos e crimes cada vez mais sofisticados, é necessário que as organizações contem com ferramentas e soluções que sejam capazes de enfrentar os desafios.


Nesse contexto, a IA surge como uma tecnologia promissora para a cibersegurança e ela pode ser uma ótima aliada para as organizações.


O que é Inteligência Artificial?


Antes de falar sobre como a IA pode ser uma aliada na cibersegurança, é importante explicar um pouco sobre do que se trata essa tecnologia.


Saiba que a Inteligência Artificial é um ramo da ciência da computação, o seu objetivo é criar sistemas capazes de simular a inteligência humana.


Esses sistemas são criados por meio de algoritmos que possuem a capacidade de raciocinar e de adaptar a partir de dados.


Dessa forma a IA pode realizar diversas tarefas desde as mais simples, até as mais complexas como:


  • Reconhecimento de voz ou de imagem;

  • Raciocinar;

  • Aprender como um ser humano.

As suas habilidades são inúmeras e de fato ela foi criada e pensada para auxiliar a humanidade a se desenvolver.


Por mais que as pessoas tenham um certo receio do seu uso, fato é que a IA já está integrada em nossas vida e precisamos nos adaptar a ela e acima de tudo, usá-la para o nosso benefício.


O uso da IA na cibersegurança


Os ataques cibernéticos fazem parte do cotidiano das empresas, sejam elas de pequeno, médio ou grande porte, boa parte dessas invasões acontecem por falta de cuidado e conhecimento.


Quando as pessoas deixam de executar ações básicas de segurança digital, acabam abrindo brechas para que os criminosos cometam seus ataques.


A Google, por exemplo, enxergou como esse problema é preocupante e está criando uma solução para esses riscos por meio do uso da IA.


A ideia é que a empresa ofereça a sua própria expertise em IA, ela será uma solução para acessos mais seguros, além de desenvolver melhor a antecipação de ciberataques.


Essa solução chamou a atenção dos bancos, pois a partir do seu uso será possível aumentar a segurança das contas digitais, que vem sendo um grande problema para as empresas deste segmento.


O uso da IA para acessos seguros é apenas uma opção das milhares de possibilidades que essa tecnologia pode oferecer.


Saiba que ela pode ser usada para análise de dados, dessa forma será possível analisar grandes volumes de informações e buscar padrões que indiquem vulnerabilidade ou ataques cibernéticos.


Além disso, a IA auxilia na detecção e respostas às ameaças, por meio de automações para reduzir o tempo e esforço das equipes de Tecnologia da informação.


A Inteligência Artificial pode executar ações repetitivas e complexas e ajudar na prevenção e mitigação dos riscos, como técnicas de simulação, além de prever cenários de risco cibernético.


Dessa forma, o uso da Inteligência Artificial proporciona uma série de benefícios para a cibersegurança.


Por meio dela as equipes conseguem melhorar a eficiência e a produtividade, ela também consegue reduzir os riscos e aumentar o desempenho das instituições e sem dúvidas ajuda a inovação e a competitividade do mercado.


A IA como aliada


Separamos alguns casos em que a IA pode auxiliar as organizações no combate de ataques cibernéticos, é importante ressaltar que ela é uma ótima aliada e trabalha em conjunto com a inteligência humana.


Detecção de vulnerabilidades

Por meio da Inteligência Artificial é possível detectar ameaças, recentemente os profissionais de segurança e de Tecnologia da Informação, têm adotado ferramentas de combate ao phishing utilizando essa tecnologia.


Com isso, eles conseguem reduzir a carga de trabalho e melhoram a capacidade de detecção automática de ameaças, fazendo uma espécie de pente fino e eliminando boa parte das tentativas de ataque.


Através dessa tecnologia é possível identificar não apenas links e anexos maliciosos, mas também as intenções das mensagens, levando a segurança da informação para outro nível.


Dessa forma, eles analisam a intenção das mensagens e são capazes de detectar ataques avançados de engenharia social.


Como a IA possui a capacidade de aprender e se aprimorar, ao longo do tempo ela se torna uma espécie de analista virtual.


Dessa forma, ela aprende com o setor, a empresa e as comunicações e consegue identificar quais mensagens são seguras e quais oferecem algum tipo de risco.


Isso faz com que as equipes de Tecnologia da Informação consiga concentrar seus esforços em ameaças mais significativas.


Monitoramento de acesso


Por meio das ferramentas de IA é possível monitorar o acesso a sistemas e aplicações, isso permite que as organizações consigam detectar padrões suspeitos que podem indicar a tentativa de um ataque.


Dessa forma, os profissionais de Tecnologia da Informação conseguem incluir uma camada a mais de proteção, o que permite um maior controle sobre as equipes, isso evita que pessoas não autorizadas tenham acesso a informações confidenciais.


Esse uso é parecido com o exemplo do Google, onde a empresa pretende oferecer uma camada de proteção para um acesso mais seguro a nuvens, informações ou até mesmo dados bancários.


Gerenciamento de vulnerabilidades


As ferramentas de Inteligência Artificial, auxiliam na identificação das vulnerabilidades em sistemas e aplicações.


Isso permite que os administradores dos sistemas identifiquem as falhas e com isso corrijam antes que essas brechas sejam exploradas por atacantes.


Essa funcionalidade permite a antecipação dos ataques, com isso as equipes de T.I vão sempre estar um passo à frente dos cibercriminosos.


Quando se trata de segurança dos dados, todos os detalhes importam, por isso que essa vantagem pode ser significativa para combater os ataques.


Treinamento de conscientização


Por mais que a Inteligência Artificial seja uma ótima aliada na detecção de ameaças, saiba que ela sozinha não tem o poder de mitigar os ataques.


Afinal, os crimes cibernéticos são direcionados às pessoas, por isso é essencial que todos saibam se proteger desses ataques.


Podemos entender os colaboradores como a última linha de defesa na proteção das organizações, pois, caso a IA não identifique uma mensagem maliciosa, as pessoas precisam saber reconhecê-las.


Dessa forma, somente os treinamentos regulares de conscientização são capazes de educar as equipes sobre as melhores práticas na identificação de diferentes tipos de ataques.


Saiba que a Inteligência Artificial pode ser usada nesses treinamentos e na criação de uma política de segurança.


Por meio dessa tecnologia, é possível personalizar as campanhas e tornar todo o processo de conscientização mais personalizado e eficaz.


Por exemplo, a IA consegue traduzir conteúdos em diferentes idiomas, sejam vídeos ou textos. Isso faz com que o seu material se torne mais acessível e consiga abranger todos os seus colaboradores, independente de formação ou cargo.


Essas traduções também permite que as equipes não fiquem limitadas apenas a conteúdos nacionais, afinal existe uma série de vídeos e textos em outros idiomas cheios de informações importantes que devem ser replicados a todos.


Outra forma importante de usar os recursos da Inteligência Artificial é por meio de uma curadoria, onde você consegue identificar qual o melhor conteúdo para cada equipe e cenário.

Isso é importante, pois você consegue personalizar as suas campanhas e direcionar os temas relevantes para cada equipe, afinal o conteúdo que funciona para diretores de uma organização, não é o mesmo que funciona para os funcionários de uma fábrica.

A linguagem e o tipo de comunicação precisam ser diferentes e se adaptar a necessidade e realidade dos colaboradores.

O futuro da cibersegurança é a IA


A Inteligência Artificial tem se tornado uma ferramenta cada vez mais importante na luta contra os ataques cibernéticos, isso porque, ela melhora a precisão na detecção das ameaças e as respostas a incidentes.


Com isso, ela é capaz de ajudar a reduzir o impacto dos ataques e todas as atividades maliciosas, além de, claro, melhorar a eficiência das operações de cibersegurança.


Por meio dela também é possível aumentar a eficiência das campanhas e criar uma política de segurança da informação mais segura e efetiva.


Sendo assim, é fundamental que as instituições se mantenham atualizadas sobre as últimas inovações no ramo da Inteligência Artificial, pois essa é uma tecnologia muito promissora e que pretende evoluir nos próximos anos.


Com isso as organizações são capazes de se manter informadas e se adaptar a toda essa evolução, se beneficiando de todos os parâmetros criados pela IA.


PhishX e o uso da Inteligência Artificial


A PhishX é um ecossistema que leva conhecimento de segurança para as pessoas por meio de conscientização, nossas ações são focadas no treinamento de colaboradores e clientes, para que todos sejam capazes de identificar as ameaças e os riscos de segurança.


Utilizamos a tecnologia da IA para auxiliar as organizações em suas campanhas de conscientização. Por meio de traduções de conteúdos, criação de campanhas personalizadas e a curadoria de diversas matérias.


Venha conhecer nosso ecossistema e saber como a PhishX pode te auxiliar em suas campanhas de conscientização, por meio da IA.



Aperto de mão, robô de negócios, inteligência artificial, transformação digital
A IA é uma ótima aliada no combate de cibercrimes


18 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page