top of page
  • Foto do escritorAline Silva | PhishX

A importância da cibersegurança na nuvem

A tecnologia evolui a cada ano, se antes precisávamos de enormes salas de arquivos para guardar informações, hoje contamos com o serviço de nuvem que facilita nossas vidas e permite que todos os dados estejam acessíveis a qualquer hora e lugar.


Entretanto, essa facilidade, conveniência e conectividade sempre ativa da nuvem traz alguns riscos para as organizações e manutenção da segurança cibernética.


Afinal, todos os dados estão armazenados em um único lugar na rede, se essas informações forem acessadas por cibercriminosos as consequências negativas serão enormes.


Quando falamos sobre cibersegurança na nuvem, estamos nos referindo às práticas, políticas e tecnologias utilizadas para proteger os dados, sistemas e infraestrutura em ambientes de computação em nuvem.


É importante entender que com a crescente adoção desses serviços, onde dados e aplicativos são armazenados e processados remotamente, a segurança torna-se uma consideração crítica.


Por isso é fundamental entender como esses processos funcionam e acima de tudo como se proteger.


Diferença entre a gestão de TI


Isso porque ela funciona como um pacote de diversas:


  • Ações;

  • Protocolos;

  • Práticas tecnológicas.

Todas essas ações irão proteger aplicativos, ambientes de computação ou provedores de serviço na nuvem, tudo de forma online. 


Esses recursos são uma forma de prevenção a ameaças de perda ou roubo desses dados, eles funcionam como uma espécie de barreira sendo criadas para impedir o acesso e a visualização desses dados.


A proteção pode variar conforme o provedor, por isso é importante escolher um que se preocupe com a segurança, e acima de tudo se atentar às configurações adequadas de serviços, aos hábitos seguros de uso.


Além disso, é preciso garantir que qualquer rede e hardware de uso final sejam protegidos, isso garante mais segurança para as informações.


Quando falamos de segurança nuvem, é importante ressaltar que as ações são feitas para proteger alguns pontos importantes da organização.


Como as redes físicas, formadas pelos roteadores, energia elétrica, cabeamento e controles de climatização.


Também servem para proteger o armazenamento de dados, os servidores de dados como os hardware e software de computação de rede essencial. As estruturas de virtualização de computador, que são os softwares de máquina virtual, máquinas de host e máquinas de convidados.


Além disso, temos os sistemas operacionais, a gestão de interface de programação de aplicativos (API), todas as informações armazenadas, modificadas e acessadas e claro os serviços de software que são: e-mail, software tributário e conjuntos de produtividade.


Por fim, a cibersegurança em nuvem também é usada nos computadores, dispositivos móveis e dispositivos da Internet das Coisas (IoT).


Todos esses pontos armazenam dados e informações sensíveis sobre as instituições, seus colaboradores e clientes, por isso a cibersegurança em nuvem é tão importante para as empresas.


Segurança na nuvem, como funciona?


Agora que você já entendeu quais ativos devem ser protegidos, vamos explicar melhor como funciona a segurança na nuvem.

Antes de tudo é importante entender que ela visa realizar alguns objetivos, são eles:


  • Possibilitar a recuperação de perda de dados;

  • Proteger o armazenamento e as redes contra roubo de dados;

  • Determinar se houve erro humano;

  • Identificar se ocorreu negligência no vazamento de dados;

  • Reduzir o impacto do comprometimento de dados ou sistema.


A segurança de dados na nuvem tem o objetivo de prevenir ameaças. Dessa forma, as ferramentas e tecnologias permitem que se instalem barreiras entre o acesso e a visibilidade dos dados sigilosos.


Para que esse processo seja feito são usadas uma série de ferramentas, mas a criptografia é sem dúvida a mais eficiente.


Isso porque ela codifica os dados para que eles só possam ser lidos apenas por pessoas autorizadas, essas informações são acessadas por meio de uma chave, essa tecnologia garante mais segurança e confiabilidade.


Além disso, caso os dados sejam perdidos ou roubados, eles ficam ilegíveis e os criminosos não conseguem acessar as informações.


Outro ponto importante quando falamos da segurança em nuvem, é o gerenciamento de identidade e acesso (IAM), ele está ligado ao acesso das contas.


Esses controles são essenciais para impedir que pessoas não autorizadas acessem e comprometam dados e sistemas confidenciais.


Por se tratar de um local que armazena muitas informações, é importante que todos os dados da nuvem estejam em backup, isso garante que caso aconteça algum problema com o servidor nenhum dado será perdido.


Esse inclusive é um dos motivos de relevância para que as empresas invistam em segurança, pois caso qualquer pessoa não autorizada tenha acesso a esse backup irá comprometer a segurança da instituição.


Além de todas essas ferramentas e tecnologias, não podemos esquecer do fator humano. Por isso é muito importante que as pessoas saibam se defender de ataques e com isso auxiliar na proteção dos dados em nuvens.


Alguns ataques e invasões acontecem por meio das pessoas que trabalham nas instituições, por isso que os treinamentos fazem parte da segurança da nuvem, eles ajudam a mitigar e identificar os possíveis riscos.


Com colaboradores treinados e as ferramentas certas, as empresas conseguem proteger seus dados e informações.


A importância da segurança em nuvem


À medida que a tecnologia avança, as empresas precisam se atentar a ações e ferramentas que ajudam a manter a segurança e o trabalho em sua rotina.


Saiba que a computação em nuvem é um ótimo exemplo desse avanço, ela se tornou o principal método para uso pessoal e profissional, hoje não faz mais sentido armazenar suas informações em locais físicos.


Afinal vivemos em um mundo globalizado e diversas empresas possuem sedes e colaboradores espalhados pelo país e pelo mundo.



Além disso, esses dados podem ser acessados de qualquer lugar, por qualquer pessoa, tornando essa coleta de dados em servidores extremamente perigosa e fazendo com que os cibercriminosos tenham como alvo grandes data centers de várias organizações.


Por isso é fundamental incluir a segurança em nuvem nas ações de treinamento, conscientização da sua organização, os riscos são imensos, cabe a você se proteger.


Como a PhishX  pode auxiliar a segurança em nuvem


Como vimos, a segurança em nuvem deve fazer parte da rotina de todas as empresas, isso porque o armazenamento e o tratamento de dados podem criar vulnerabilidades para essas organizações.


Outro ponto que se deve observar, é que parte dessas ações de segurança é feita por meio das pessoas, afinal elas são a linha de frente da sua empresa e o alvo principal dos atacantes.


A PhishX é um ecossistema voltado para ações de conscientização em cibersegurança, auxiliando as organizações a implementar uma política de segurança da informação que ajude os seus colaboradores a se proteger dos riscos.


Nossa plataforma conta com diversos materiais que ajudam as pessoas a entenderem os riscos, são vídeos, cartilhas e textos que iniciam o processo de aculturamento a trazem maturidade para as pessoas.


Além disso, realizamos treinamentos que são importantíssimos em todo o processo de conscientização, dessa forma as pessoas conseguem entender de fato como os ataques funcionam e como elas podem se proteger.


Nossa plataforma também conta com o disparo de simulações de phishing que ajudam as organizações a medirem o nível de maturidade dos seus colaboradores, além de identificar os possíveis riscos que a instituição poderia sofrer.


É importante entender que os criminosos enxergam o valor dos seus alvos por meio da nuvem e com isso estudam as vulnerabilidades e criar mecanismos para que os ataques sejam efetivos.


Por mais que as ferramentas e aplicações presentes nos provedores da nuvem sejam importantes, eles não conseguem mitigar todos os riscos. Dessa forma é essencial treinar as pessoas, para que elas auxiliem em todo o processo.


Invista em segurança, proteja os dados e informações sensíveis da sua instituição, conte com a PhishX para implementar o processo de conscientização entre as pessoas que trabalham na sua empresa.



Mulher asiática digitando em um laptop.
A cibersegurança em nuvem é fundamental para a segurança das organizações.



25 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page