top of page
  • Foto do escritorAline Silva | PhishX

Como promover conscientização em cibersegurança?

Atualizado: 26 de jan.

A cibersegurança é uma preocupação constante em um mundo cada vez mais digitalizado. Essa pauta tem sido abordada em diversas organizações e por todos os setores, não se limitando apenas a equipes de T.I.


Afinal, a segurança dos nossos dados deve ser preocupação de instituições, mercado e sociedade. Com isso, as ações contra os ataques digitais garantem o crescimento e o bom funcionamento das empresas.


Por isso, é essencial que as organizações promovam campanhas de conscientização e eduquem os seus colaboradores e clientes sobre a importância que a cibersegurança exerce na vida de todos.


Dessa forma, o planejamento, implementação, monitoramento e a manutenção de uma política de segurança fazem total diferença para as empresas.


Quer saber como promover e implementar uma campanha de conscientização entre os seus colaboradores? Continue lendo esse texto e saiba como esse processo é crucial para a sua instituição.


Por que conscientizar seus colaboradores?


Antes de entender as ações e como de fato implementar uma política de segurança entre seus colaboradores, é preciso saber a importância que uma campanha de conscientização exerce para todas as pessoas e instituições.


Podemos dizer que as campanhas de conscientização visam proteger um dos maiores fatores de risco de um ambiente de segurança: o fator humano.


Essas ações tornam as pessoas mais atentas e as auxiliam a tomar melhores decisões. Por isso, a conscientização é crucial em um programa voltado para a cibersegurança.


É importante entender que você pode ter a melhor tecnologia e contar com os melhores avanços tecnológicos, mas se você não treinar seus colaboradores, pode colocar em risco a segurança da sua instituição.


Sendo assim, as campanhas são capazes de mitigar os ataques, tornando as pessoas mais preocupadas com suas ações, o que as faz trabalhar de maneira mais segura, diminuindo os problemas e impactos nas organizações.


Afinal, o cibercriminoso só precisa de um clique de uma pessoa desatenta para invadir o seu sistema e atacar contra a segurança dos dados da sua empresa.


Saiba que quando uma organização sofre um ataque, os prejuízos são enormes, afinal, vivemos em um dos países com maior número de crimes cibernéticos do mundo.


As falhas de segurança custam às empresas milhões de reais, sem contar danos à reputação, perda de clientes e interrupção das atividades.


Portanto, quando uma organização investe em cibersegurança, transmite aos seus clientes e ao mercado maior conhecimento, credibilidade e responsabilidade; isso mostra o comprometimento com todos e transmite uma maior segurança.


Outro ponto importante a se destacar é que a adoção de ferramentas e campanhas de segurança cibernética reduzem os riscos de ataques. Afinal, as instituições estão investindo em proteção para os seus colaboradores e clientes.


Essas ações permitem que as organizações tenham um maior controle sobre a segurança dos seus dados e consigam detectar ameaças antes que elas comprometam seus serviços.


É importante entender que as ameaças se renovam ano após ano, e apesar de estarmos no começo de 2024, a Sophos, empresa que lidera no Brasil, identificou algumas tendências para esse ano.


As expectativas são que os cibercrimes se mantenham parecidos com o que foi visto no ano de 2023, mas sem dúvidas eles serão mais eficientes, afinal, conforme a tecnologia se renova, esses crimes se modificam.


Porém, existem dois pontos para se prestar atenção no que diz respeito às “previsões” do cibercrime; uma delas é a exploração de vulnerabilidades, sejam de sistemas ou de pessoas, e a utilização de credenciais roubadas para obter acesso aos alvos.


Outro ponto que exige atenção é a autenticação multifatorial; por esse método ser muito utilizado para garantir a segurança de contas, transações e inúmeras ações, os cibercriminosos estão de olho e desenvolvendo maneiras de contorná-la.


Como promover uma campanha de conscientização?


Agora que você já entendeu a importância que a cibersegurança desenvolve nas empresas, vamos explicar como promover uma campanha efetiva que auxilie os seus colaboradores a se proteger dos riscos de ataques.


1. Realize programas de treinamento

Como você pode perceber no decorrer deste texto, o fator humano é crucial quando o assunto é cibersegurança; por isso, é de extrema importância que um dos primeiros passos seja a implementação de treinamentos.


Dessa forma, a organização precisa implementar programas abrangentes de treinamentos voltados para a educação em cibersegurança. Para que isso seja feito de uma maneira eficaz, é preciso:


  • Envolver os colaboradores;

  • Fornecer informações atualizadas sobre as ameaças;

  • Alertar sobre as técnicas de ataque mais comuns;

  • Informar e as práticas recomendadas de segurança.


E acima de tudo, tornar todo o processo mais dinâmico e prático, isso potencializa a absorção das informações.


Saiba que os seus colaboradores não vão ser engajados com treinamentos longos, palestras ou reuniões que duram horas. Pelo contrário, isso só afasta as pessoas do tema.


Por isso, é fundamental que o conteúdo seja fácil, prático e passe todas as informações de uma melhor forma; isso é possível por meio de cartilhas, vídeos curtos e materiais interativos.


Essa interação permite que as pessoas se envolvam mais com o conteúdo e entendam por que a cibersegurança é um tema crucial para todos como sociedade.


Além disso, os programas e treinamentos precisam ser frequentes, pois assim como as ameaças evoluem, o processo de conscientização deve se atualizar e se adaptar às necessidades de cada equipe.



2. Engaje a alta administração


A cibersegurança é um tema que deve fazer parte da organização e permear todos os setores; por isso, o engajamento da alta administração é essencial para promover a conscientização.


Dessa forma, os líderes da empresa devem ser exemplos e demonstrar um compromisso claro com a segurança cibernética e, acima de tudo, passar essa mensagem adiante, comunicando a importância dessas ações para todas as equipes.


Esse apoio é fundamental ao mostrar para as pessoas que elas não estão sozinhas e a segurança precisa fazer parte de todos que trabalham na organização. Isso ajuda a promover uma cultura de segurança desde o topo.


3. Promova testes e simulações


O treinamento é muito importante para as campanhas de conscientização; porém, não são as únicas ações que devem ser tomadas. Os testes e as simulações aos ataques fazem total diferença.


Afinal, é por meio desses treinamentos que as pessoas vão ter contato de fato com os ataques e saber quais procedimentos devem ser tomados para se proteger nessas situações.


Com isso, as organizações e a equipe de Tecnologia da Informação conseguem avaliar a eficácia das medidas de segurança e saber quais áreas precisam ser fortalecidas.


Dessa forma, é possível aumentar as ações em setores e equipes que sofreram mais ataques; isso aumenta a eficiência das campanhas.


Testar o nível de maturidade das pessoas é um pilar muito importante para mitigar os riscos e fazer com que as ações de segurança sejam cada vez mais precisas.


4. Estabeleça uma Política de Cibersegurança


Como ficou claro, a cibersegurança não é uma preocupação apenas da equipe de TI; esse é um problema sério que afeta a nossa sociedade e deve ganhar a devida atenção.


Portanto, é importante que se crie uma política de segurança de dados e que as campanhas e treinamentos aconteçam durante todo o ano e não apenas em datas específicas, afinal, os criminosos agem 24 horas por dia, todos os dias da semana.


Tenha em mente que as ações só vão ser eficazes e os riscos mitigados se permearem toda a organização durante todo o ano.


Para que isso aconteça, você precisa criar uma política de cibersegurança que envolva testes frequentes, treinamentos, que inclua uma política de criação de senhas e que desenvolva autenticação de dois fatores.


Além disso, é preciso que a organização mostre para as pessoas a importância de manter os softwares atualizados e que todos sejam engajados nas campanhas.


A PhishX na promoção da conscientização


A segurança de uma empresa é feita de vários processos, e a cibersegurança, sem dúvidas, é um dos pilares essenciais para que isso aconteça.


Como vimos, criar campanhas que envolvam as equipes e mostre a importância da segurança de dados é muito importante para mitigar os riscos, proteger as instituições e as pessoas que trabalham nela.


A PhishX é um ecossistema desenvolvido para auxiliar as empresas em todo processo de implementação de uma política de segurança de dados.


Nossa solução conta com uma plataforma completa onde é possível realizar campanhas e simulações de phishing; isso permite testar a maturidade dos colaboradores e entender qual o ponto fraco de cada equipe. 


Também é possível promover treinamentos sobre cibersegurança, pois contamos com materiais como vídeos, cartilhas e textos para tornar tudo mais dinâmico e de fácil acesso.


Esses conteúdos permitem que as campanhas sejam mais eficazes e engajem as pessoas.


Além disso, é possível verificar todas essas ações. Para que a política de segurança seja eficiente, é preciso entender os dados; somente dessa forma a equipe de TI consegue saber onde e como trabalhar com cada pessoa. 


Por meio da nossa solução, é possível identificar os dados e saber quantas pessoas caíram nas simulações de phishing e ainda quantas delas realmente terminaram os treinamentos; esses dados são cruciais para ações emergentes de segurança.


Afinal, é por meio desses dados que é possível implementar treinamentos que se adaptem à realidade de cada equipe, o que torna todo o processo mais preciso.


Nossa plataforma permite que as empresas consigam criar uma política de segurança, analisar dados, engajar seus colaboradores, criar treinamentos personalizados e reduzir os riscos de um ataque.


Ficou curioso e quer saber mais? Saiba que contamos com diversos planos feitos para todos os tipos de organizações e com certeza existe algum feito para te auxiliar na implementação de uma política de segurança robusta e competente.





Uma mulher e um homem branco, a mulher está em pé e o homem sentado em uma mesa em frente a uma lousa branco, ambos estão sorrindo.
Campanhas de cibersegurança precisam fazer parte das organizações.


32 visualizações0 comentário

Comentários


bottom of page