top of page
  • Foto do escritorAline Silva | PhishX

Como as empresas podem ir além do phishing?

Atualizado: 6 de nov. de 2023

Sabemos que o phishing é a porta de entrada dos criminosos nas organizações, além disso, esse crime faz parte do dia a dia do ambiente virtual e todos nós conhecemos alguém que abriu uma mensagem suspeita e caiu em um golpe.


Esse crime acontece de diversas formas, mas com um único propósito atrair a atenção da vítima através de benefícios, promoções, brindes, downloads e notícias atrativas e sensacionalistas.


Dessa forma, os cibercriminosos conseguem extrair informações como dados de contas, documentos das empresas, informações confidenciais que serão usadas para cometer golpes ou sacar grandes quantias das contas bancárias.


O phishing é muito prejudicial para as empresas, entretanto é preciso entender que as campanhas de conscientização devem ir além disso. Pois de nada adianta criar testes ou mandar comunicados se as equipes não tiverem consciência do problema.


Uma boa política de segurança de dados é criada através do aculturamento das equipes, as pessoas precisam compreender os riscos, só assim elas vão ser capazes de identificá-los e combatê-los.


Afinal, os ataques podem vir de todos os lugares, por isso é essencial compreender as consequências dessas ações.


Como os ataques acontecem?


O crime de phishing consiste em enganar as pessoas, por meio do envio de mensagens falsas, onde cibercriminosos se passam por empresas ou pessoas confiáveis e lançam “iscas” para fisgar as vítimas.


Com isso, as pessoas acabam compartilhando informações confidenciais que são usadas de má-fé pelos criminosos.


Esses ataques podem vir por SMS, WhatsApp, porém é mais comum que as mensagens sejam enviadas por e-mail.


Independente do meio de transmissão, o aviso sempre surge com gatilho de urgência, avisando que sua conta do banco foi bloqueada, seu cartão foi clonado ou uma mensagem de uma promoção incrível que se encerra em poucas horas.


Dessa forma, as pessoas acabam clicando nos links sem nem ao menos se questionar se aquela mensagem é verdadeira ou não.


Além disso, os criminosos estão cada vez mais especializados nesses crimes, com isso os domínios usados para enviar esses comunicados são parecidos com os verdadeiros e dessa forma fica muito difícil identificar que se trata de um crime.


Por isso, é fundamental que as pessoas estejam atentas a todo e qualquer detalhe, pois são eles que fazem a diferença e ajudam a identificar esse crime.


Sendo assim, é justamente nesse sentido que entram as ações de conscientização, por isso, elas precisam ser cada vez mais efetivas e envolver todas as pessoas que trabalham na organização.


Segundo João Gabriel Bernardes, da nossa equipe de Customer Success, é muito importante que a liderança esteja envolvida em todas as campanhas, pois de nada adianta treinar apenas as partes consideradas mais frágeis.




Afinal, as pessoas que possuem um nível de conhecimento maior e muitas vezes um cargo mais elevado, precisam conhecer sobre segurança da informação.


Nesses casos, o risco costuma ser ainda maior, visto que os dados obtidos por essas pessoas tendem a ter mais relevância para os cibercriminosos. Com isso, o risco organizacional costuma se intensificar nos cargos de liderança.


Além disso, é importante ressaltar que os ataques costumam vir de qualquer lugar, seja um e-mail corporativo ou pessoal.


Conforme o relatório Spam e phishing de 2022 da Kaspersky, os clientes de serviços para entrega de encomendas foram as vítimas mais atacadas por phishing, com 27,38% de todos os casos contabilizados.


Por isso, é fundamental que todos estejam atentos a todo e qualquer tipo de mensagem e saibam identificar os riscos.


Portanto, é preciso criar uma estratégia inteligente, contínua e que tenha métricas onde as equipes identifiquem os pontos mais críticos e onde as campanhas devem se intensificar mais.


Por que ir além das campanhas de phishing?


Como mencionado, o phishing é sim uma grande preocupação para as empresas, mas saiba que ele não é único risco ou porta de entrada para os cibercriminosos nas organizações.


Existe uma série de fatores que podem colocar sua instituição em risco, como o caso de senhas fracas, acesso a QR Codes falsos ou redes de Wifi públicas.


Dessa forma, é muito importante que você eduque as pessoas que trabalham na sua organização, apenas uma política de segurança efetiva será capaz de mitigar os riscos.


Outro ponto importante de se ressaltar sobre as campanhas voltadas apenas para o phishing, é que com o passar do tempo os colaboradores serão capazes de identificar os domínios e saber que aquele comunicado se trata de um treinamento.


Isso torna essas campanhas ineficazes e pode ter inclusive um efeito contrário, fazendo com que eles se tornem desatentos aos e-mails que recebem.


Portanto, quando falamos sobre cibersegurança, é preciso entender que as campanhas de phishing são apenas o começo de um processo de conscientização. Ela precisa estar em conjunto com diversas outras ações.


Dessa forma, os colaboradores precisam receber treinamentos constantes sobre todos os temas que envolvem a segurança da informação.


Pois, por mais que todos saibam identificar os ataques de phishing, pode ser que algumas pessoas utilizem uma senha fraca onde os cibercriminosos podem agir e entrar em suas contas roubando dados importantes. Além disso, ele pode se descuidar e entrar em uma rede de Wifi pública e permitir acesso às suas informações.


É preciso formar uma sociedade digital, que consiga entender os riscos que envolvem a segurança dos seus dados, campanhas únicas sobre phishing não conseguem passar a dimensão precisa desses ataques.


As pessoas precisam entender que os riscos existem em todos os lugares, seja no seu celular ou no e-mail corporativo da empresa. Dessa forma, é preciso criar uma cultura de cibersegurança através de comunicados, treinamentos e materiais ricos.


Todos esses elementos são suportes e auxiliam as pessoas a compreenderem os riscos eminentes que existem para uma organização.


A palavra-chave sem dúvidas é o conhecimento, os colaboradores só vão entender as consequências dos ataques cibernéticos, se tiverem ciência do problema.


Por exemplo, as organizações podem enviar materiais ricos sobre a importância da segurança dos dados móveis, ensinando a todos como ter o controle sob o seu celular é importante. Além disso, você pode criar treinamentos voltados para cada área e compreender quais são os elos mais fracos e como é possível combatê-los.


É importante que as organizações entendam que a segurança da informação deve ser prioridade entre os seus colaboradores, e que apenas simulações de phishing, não são capazes de mitigar os riscos.


Afinal, elas são importantes, sim, mas precisam trabalhar em conjunto com outros elementos.


A importância da conscientização


A conscientização é fundamental para a segurança das empresas, afinal existe uma série de ameaças além dos phishing. Como é o caso de acessos não seguros, acesso a sites maliciosos, uso de dados do celular, atualizações de softwares e acesso a redes públicas.


Isso acontece, pois, à medida que a tecnologia avança, também avançam os crimes e golpes cometidos pelos criminosos.


Por isso, para manter sua organização e as informações dos seus dados em segurança, é preciso implementar um programa de conscientização em segurança.


Dessa forma, todas as pessoas que trabalham na sua instituição vão ter acesso ao constante treinamento e educação sobre a realidade do mundo cibernético, as ameaças que existem e como se proteger delas.


A conscientização constante é essencial para combater a evolução das ameaças, afinal todos os dias surgem novos golpes e as pessoas precisam saber como lidar com eles.


Além disso, as instituições atualizam de maneira frequente seus sistemas e tecnologias, o que pode introduzir novas vulnerabilidades ou alterações nas configurações de segurança. Dessa forma as equipes precisam estar atentas às questões de segurança.


Outro ponto importante da conscientização é a educação de novos funcionários, todos precisam conhecer as ações de segurança, para que seja possível aplicar em seu ambiente de trabalho.


Por último, mas não menos importante, a conscientização auxilia os colaboradores aos desafios das mudanças no cenário tecnológico, permitindo o conhecimento contínuo sobre as novas tecnologias.


Como a PhishX pode ajudar sua empresa ir além das campanhas de phishing


A PhishX é um ecossistema SaaS que leva o conhecimento de segurança para todas as pessoas, em qualquer canal de comunicação, a qualquer momento e em qualquer lugar.


Ela é uma solução de conscientização em segurança cibernética, o seu objetivo é treinar pessoas para que elas sejam capazes de identificar e evitar ameaças que coloquem em risco a segurança dos seus dados e das organizações.


Treinamentos


Por meio do ecossistema da PhishX é possível criar simulações de ataques e através dos resultados obtidos criar treinamentos personalizados para os funcionários.


Dessa forma você consegue agir diretamente na dor dos seus colaboradores, pois os indicadores te ajudam a nortear esses treinamentos, tornando todo o processo mais eficaz.


Os treinamentos podem ser sobre phishing, sobre pagamentos online ou até mesmo políticas de privacidade, contamos com um acervo repleto de materiais que irão auxiliar em suas campanhas.


Relatórios e indicativos


Através da plataforma é possível extrair relatórios detalhados sobre o progresso das campanhas, como:

· Indicadores de campanhas;

· Segurança de TI;

· Benchmarking.


A exportação desses dados é feita de maneira simples e ajudam as instituições na avaliação de suas estratégias, dessa forma é possível saber quais ações funcionam melhor e como melhorar os indicadores.


Criação de campanhas


Em nosso ecossistema as organizações contam com inúmeros modelos de campanhas, com isso é possível tratar sobre diversos assuntos e criar uma política de segurança da informação eficaz.


Por meio da nossa equipe é possível criar o planejamento dos ciclos de campanha, ter apoio ao definir os temas e customizar cada modelo como preferir.


Além disso, as instituições contam com o apoio do nosso time para auxiliar em cada momento das campanhas.


Conheça o ecossistema da PhishX


A conscientização sobre cibersegurança, precisar ir além das campanhas de phishing, é preciso que se crie uma política de segurança para que as empresas se mantenham seguras.


Somente a educação e o aculturamento serão capazes de transformar as pessoas e fazer com que criemos uma sociedade digital mais segura.


A PhishX é um ecossistema capaz de ajudar as organizações a iniciarem o processo de conscientização e treinamentos em torno da cibersegurança.

Entre em contato com o nosso time de vendas e saiba como envolver a sua equipe nas estratégias de segurança da informação da sua instituição.



grupo de pessoas de várias etnias reunidos em frente a um computador
Saiba como é possível realizar campanhas que vão além do phishing.


27 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page