top of page
  • Foto do escritorRafael Iamonti

Desvendando os Principais Mitos sobre Cibersegurança: Separando Fatos de Ficção

Nos dias atuais, onde a tecnologia permeia praticamente todos os aspectos de nossas vidas, a cibersegurança se tornou uma preocupação essencial. O aumento das ameaças cibernéticas trouxe consigo uma série de mitos que muitas vezes distorcem a compreensão geral sobre como proteger nossos dados e informações pessoais.


Separar fatos de ficção é essencial para garantir que você esteja tomando as medidas adequadas para proteger suas informações pessoais e digitais. Abandonar os mitos e compreender a complexidade das ameaças cibernéticas é o primeiro passo para se tornar um usuário mais consciente e protegido.


Aqui, vamos desvendar e desmascarar os principais mitos sobre cibersegurança, garantindo que você esteja bem informado e preparado para navegar pelo mundo digital com confiança.


"Eu não sou um alvo, então não preciso me preocupar com cibersegurança"


É comum ouvir essa afirmação, mas a realidade é que todos estão em risco no mundo digital. Os cibercriminosos não escolhem suas vítimas com base em status social ou econômico. Eles exploram vulnerabilidades onde as encontram, seja em empresas, pessoas ou até mesmo instituições governamentais.


Portanto, negligenciar a cibersegurança com base na suposição de que você não é um alvo é um erro grave. Por esse motivo, é fundamental conhecer os riscos e aprender as ameaças para ter as ferramentas necessárias para viver em uma sociedade digital.


"Antivírus é suficiente para me proteger contra todas as ameaças"


Os antivírus desempenham um papel importante na proteção contra malware, mas não são uma solução abrangente. Muitos ataques cibernéticos contemporâneos vão além dos vírus tradicionais.


Malware como ransomware, spyware e trojans podem passar despercebidos pelos antivírus padrão. Além disso, os cibercriminosos estão em constante evolução, criando novas ameaças que podem não ser detectadas imediatamente.


Dessa forma, além de um antivírus confiável, é crucial adotar ferramentas de proteção como firewalls, realizar atualizações regulares e seguir a política de segurança da sua organização.


"Senhas fortes são suficientes para proteger minhas contas"


Embora senhas fortes sejam um componente vital da cibersegurança, elas não são mais suficientes por si só. Muitos ataques envolvem métodos avançados de quebra de senha. Além disso, a reutilização de senhas em várias contas é uma prática arriscada.


A autenticação de dois fatores (2FA) ou a autenticação multifatorial (MFA) adicionam uma camada extra de segurança exigindo que você forneça mais do que apenas uma senha para acessar uma conta. Isso dificulta significativamente o acesso não autorizado, mesmo que sua senha seja comprometida. Não esqueça de ativar essa funcionalidade em suas contas e dispositivos.


"E-mails de empresas legítimas são sempre seguros"


Os cibercriminosos frequentemente se disfarçam de empresas legítimas para enganar as pessoas e induzi-las a clicar em links maliciosos ou fornecer informações confidenciais. Portanto, nunca assuma que um e-mail é seguro apenas porque parece ser de uma fonte confiável.


Sempre verifique os detalhes do remetente, procure erros gramaticais ou de formatação e evite clicar em links diretamente do e-mail. Em vez disso, acesse o site oficial da empresa para garantir que as informações sejam legítimas.


"Minha rede Wi-Fi está protegida com senha, então estou seguro"


Embora proteger sua rede Wi-Fi com uma senha seja importante, isso por si só não garante a segurança completa. As redes Wi-Fi podem ser alvo de ataques, incluindo o ataque de força bruta, onde os hackers tentam adivinhar a senha, ou o ataque de reconfiguração, onde eles podem explorar vulnerabilidades no protocolo de segurança.


Além disso, se a senha for fraca, pode ser facilmente quebrada. Assim, é aconselhável usar uma senha forte, alterar as senhas padrão dos roteadores e também configurar a segurança WPA3, que é mais robusta.


"Baixar aplicativos somente de lojas oficiais é seguro"


Embora as lojas de aplicativos oficiais geralmente façam um bom trabalho em verificar a segurança dos aplicativos, isso não significa que todos os aplicativos disponíveis nelas sejam seguros. Algumas ameaças conseguiram passar pelos processos de verificação e serem disponibilizadas nas lojas.


Por outro lado, em lojas não oficiais (conhecidas como "sideloading"), os riscos são ainda maiores, pois aplicativos maliciosos podem ser facilmente distribuídos.


Sempre leia as avaliações dos aplicativos, verifique as permissões que eles solicitam e mantenha seu sistema operacional atualizado para evitar vulnerabilidades exploradas por aplicativos mal-intencionados.


"Os ataques cibernéticos são apenas um problema de tecnologia"


Embora a tecnologia seja o meio pelo qual os ataques cibernéticos ocorrem, a maioria dos ataques também envolve engenharia social e manipulação psicológica. Os cibercriminosos muitas vezes se aproveitam da confiança das pessoas, persuadindo-as a clicar em links maliciosos, divulgar informações pessoais ou revelar senhas.


Portanto, identificar as ameaças focadas em pessoas e aprender a reconhecer tentativas de phishing, por exemplo, pode evitar muitos problemas.


"Cópias de segurança (backups) são desnecessárias, nunca perderei meus dados"


A perda de dados é uma ameaça real, seja devido a falhas de hardware, ataques de ransomware ou erros humanos. Acreditar que você nunca perderá seus dados é arriscado.


Busque ter cópias de segurança regulares e atualizadas, essa é uma das melhores práticas de cibersegurança. Dessa maneira, você garante que, em caso de perda de dados, seja possível restaurar suas informações vitais sem pagar resgates a cibercriminosos ou sofrer perdas financeiras e emocionais.


Quer saber sobre como a PhishX pode ajudar sua equipe a enfrentar os principais desafios da cibersegurança nas organizações? Fale com nosso time de vendas e conheça nosso ecossistema.



Na imagem vemosum corrente e cadeado no teclado do computador. No canto inferior esquerdo, temos o texto: "Desvendando os principais mitos sobre cibersegurança"
Separe os fatos da ficção e saiba como solucionar os principais desafios de cibersegurança em sua organização

11 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page